Sobre

De cunho cultural, o documentário SERTÃO COMO SE FALA irá percorrer cidades do Nordeste a fim de mostrar a forma foneticamente diferenciada do alfabeto do sertão e a forma como os sertanejos uniformizaram o modo de falar o abecedário.

O documentário quer investigar as raízes deste modo e descobrir se ainda existem escolas e professores que ensinam a se falar “mê” no lugar de “eme” ou “lê” no lugar de “éle”. São no total nove letras com som diferente: Ê – Fê – Guê – Ji – Lê – Mê – Nê – Rê – Sí.

O filme operará no exame das expressões culturais e seus reflexos nas formas de sociabilidade, levantando questões relacionadas às nossas heranças culturais e identitárias nacionais. Para isso, o documentário irá assumir a direção de um ensaio audiovisual, utilizando recursos da ficção no tratamento dos elementos estéticos e ao contexto artístico-cultural do sertão, na construção da narrativa que guiará o documentário.

A equipe de produção irá conversar com educadores, professores, alunos, estudiosos e artistas que tiveram em sua formação o jeito sertanejo de falar. Buscará a compreensão de como o modo foneticamente diferente interferiu na sua formação enquanto pessoa.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s