dia zero

DSC_0593

por Leandro Lopes |

Hoje sonhei com o sertão. Tentei ver a sua alma, perceber seus pensamentos. Só achei por ali os meus próprios anseios e desejos limitados, minhas sedes de nada e fome de tanto. Não enxergava nada além do meu bafo e dos meus odores. Limitado, não conseguia ver os seus olhares para além das linhas vermelhas de um mapa curvilíneo, sem rosto. Tudo era também um pouco de amarelo e azul. Não era praia, tenho quase certeza. Entendê-lo talvez ainda seja a forma mais antiga de diminui-lo. Talvez, ainda assim, eu tenha vontade de conseguir, de encará-lo, de dizer algumas coisas sobre aquelas invenções da minha infância. Hoje, eu acho, as buscas poderão dizer um pouco daquela imensidão. Tudo começa agora…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s