11 dias a.S.

DSC_0600-002

Serrinha (BA) Foto de Leandro Lopes

O filme que já começou a se revelar antes do filme é essa tal pesquisa que nos atola de ansiedades e conhecimento. Tenho a impressão que ainda temos muito a saber e cada vez mais acho que saberemos muito pouco até chegar lá. Esses dias fiquei me perguntando como, na prática da minha vida, essas letras sertanejas que se falam de modo atípico do resto do país, influíram em mim, me tornaram mais eu e menos os outros. Como perceber isso? Não encontrei uma resposta. Talvez seja preciso me reencontrar por lá.

Eis uma das questões que a gente persegue nessa pesquisa. Aliás, faltam só/ainda 11 dias para o ‘sertão como se fala’ ganhar a estrada. E ainda/já existem tantas pessoas a abraçar para agradecer. Tantas pessoas para reencontrar, outras tantas a ganhar rostos, algumas a se conhecer a voz. Muitos e-mails e poucos apertos de mãos. Que os abraços (e as respostas) virem reais, já!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s